Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Masculino Mensagens : 5
Pontos : 9
Igreja : Igreja Ortodoxa Tabe
Data de inscrição : 19/12/2014
Idade : 46
Cidade/Estado : Brasília-DF
Ver perfil do usuáriohttp://asetimatrombeta.blogspot.com.br/

Execução de mais um brasileiro na Indonésia

em Qua Abr 29, 2015 7:53 pm
Para a massa política, o ato de execução de traficantes na Indonésia é motivo de assombro e repulsa e até para romper relações diplomáticas, onde tentam passar para os brasileiros uma ideia de que o tráfico não é tão errado assim, sendo que é um crime hediondo por parte do Estado executor. As minorias corruptas acabam se passando por vítimas, mas assim como em todo argumento há dois lados, um outro lado que deve ser mostrado, essa condenação também há outros fatores que não estão sendo levados em conta:
- A execução de traficantes naquele país não acontecem por acaso e não são feitas de forma unilateral, pois o que vai ser condenado é avisado muito antes de cometer de praticar ou cometer o crime e que a punição é a execução por pena de morte. Portanto, não é uma surpresa para o criminoso e muito menos para quem vai praticar futuramente.
- O governo da Indonésia, legitimamente composto, determinou suas regras e cabe aos seus concidadãos e estrangeiros obedecerem. Como as regras de combate ao crime são conhecidas muito antes de serem aplicadas, então é absolutamente legal, por isso quem comete a infração, também sabe as consequências.

- Agora, quem realmente executou esse brasileiro?

O verdadeiro culpado é o Brasil - ou melhor - o povo brasileiro que apoia o erro como coisa normal.

Foi o governo brasileiro quem executou esse homem acusado de tráfico de drogas. Foi a política brasileira quem matou esse homem, quando não lhe ensinou a forma correta de se comportar nos países estrangeiros. A corrupção generalizada no Brasil leva muitos brasileiros a acreditarem na impunidade, mas isso é um erro. Assim como os pais são responsáveis pelos seus filhos, assim cada país é responsável pelos seus concidadãos.
Assim como Cristo foi executado pelos romanos a pedido dos religiosos hipócritas daquela época tendo dois ladrões juntamente, assim também é em nossos dias, onde inocentes são mortos da mesma forma que criminosos rebeldes ou bonzinhos. O Estado estabelece as leis e cabe ao cidadão obedece-las. A quebra da lei naturalmente imputa a pena.

Quem condenou a pena de morte o brasileiro na Indonésia, foi o Brasil, que possui uma política medíocre que gera cidadãos infratores e desobedientes, rebeldes. A indonésia apenas aplicou a sua lei legitima e mundialmente conhecida. Se o brasileiro era um ladrão da direita ou da esquerda, só Deus sabe, mas o crime que ele cometeu foi punido de forma legítima. Já no Brasil, os traficantes condenam famílias inteiras a pena de morte de forma ilegítima e nada é feito. Recentemente foi noticiado uma família que teve que deixar sua casa as pressas por causa de uma prisão de um traficante, que acusou a família de ser a denunciante do crime. O bandido foi preso e logo solto, enquanto que a família acusada injustamente teve que deixar de imediato sua residência, tendo apenas a escolta policial para levar os bens. O efeito cascata do tráfico destrói de forma contínua toda forma de legalidade e torna o cidadão em presa fácil. A falta de um Estado ativo e participativo gera pessoas mal intencionadas e possessivas.

A educação brasileira é tão vergonhosa que a próxima geração sequer saberá diferenciar o certo do errado e o Brasil ao invés de ser uma nação de referência, será como já é, uma vergonha mundial.

O fato da PRESIDENTA ter pedido clemência, quando na verdade deveria estar apoiando, revela nesse país uma politica invertida de proteção aos corretos, onde os desonestos que cometem ilegalidades são amparados, enquanto que os honestos são punidos de forma arbitrária e sem clemência.

Os constantes assaltos aos cofres públicos e a impunidade de crimes hediondos alimentam essa geração corrupta e má, com a inversão de valores se tornando comum. Estamos chegando no tempo em que ser HONESTO será uma vergonha.

E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mateus 24:12

Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. Mateus 23:28

E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. Mateus 7:23
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum